Mandato Itinerante: Após denúncias, Vereador Adailton cumpre agendas em bairros e Secretaria; Situação financeira do município é alarmante


Na manhã desta terça-feira (07), o Mandato da Gente esteve cumprindo agendas no bairro do Novo Horizonte e na Secretaria de Finanças do município. Após receber denúncias da falta de medicamentos no Posto de Saúde do Bairro Novo Horizonte, o Vereador Adailton Francisco visitou a unidade e conversou com servidores e obteve a informação que ultimamente alguns Programas de fornecimentos de determinados medicamentos do Governo Federal vêm diminuindo, causando transtornos entre os pacientes. Segundo informações de funcionários, esses medicamentos estão sendo providenciados pela Secretaria de Saúde do Município.

O Vereador Adailton esteve também na Creche Municipal Maria Celeste Leite Silva Moura, onde atualmente existem 134 crianças matriculadas e uma lista de espera de aproximadamente 150 crianças. A unidade de ensino é formada por turmas de crianças entre 2 e 4 anos de idade.

Foi observado que nessa unidade educacional, a falta de mesas para professores, liquidificador industrial, materiais didáticos, ventiladores nas salas, lençóis, impressoras e armários têm sido um grande problema para o seu funcionamento, haja vista que a direção da creche já encaminhou ofícios para a Secretaria de Educação do município, informando sobre a situação.

Segundo Adailton, o que mais lhe chamou a atenção apesar dos problemas, são os cuidados que a equipe da creche possui com as crianças, algumas delas inclusive, autistas e que possuem uma atenção toda especial.

“Fico feliz em ver uma equipe tão dedicada, apesar dos problemas. Vejo que as professoras, servidores e a Direção são comprometidos e dedicados! Mesmo com todas as dificuldades apresentadas, as crianças são bem cuidadas e tem todo carinho que precisam para um bom desenvolvimento”, afirmou Adailton.

Na Secretaria de Finanças, o Mandato da Gente esteve reunido com o Secretário Fidelis Negrão para tratar de assuntos referentes a despesas e receitas do município. Na oportunidade, o Vereador questionou ao Secretario acerca do atraso no pagamento dos salários dos servidores municipais.

Fidélis informou que o município teve uma redução de 2 milhões de reais na arrecadação do mês de julho de 2018, comprometendo assim o pagamento da folha. Ainda segundo ele, até dia 10 de agosto de 2018, todos os servidores terão seus salários depositados em conta.

Por último, o Secretário de Finanças afirmou ainda que a folha do município com pessoal chegou a R$ 7,5 milhões e a um débito que ultrapassa R$ 12 milhões dentro desses últimos oito meses de governo. O Vereador Adailton afirmou estar seriamente preocupado com a situação.

“Essa situação de Valença é muito preocupante. Caso a gestão não tome providências urgentes, o município poderá entrar em um colapso financeiro até o final do ano e comprometer os compromissos com os fornecedores e pagamentos salários dos servidores”, disse Adailton.

Veja fotos das agendas a seguir.