Vereador Adailton participa de Assembleia no IFBA; Mandato da Gente repudia ação do MEC sobre unificação dos Institutos Federais de Valença


O Vereador Adailton Francisco esteve na manhã desta quarta-feira (20), participando da Assembleia dos estudantes dos Institutos Federais Bahia e Baiano de Valença. O movimento, que reuniu estudantes, professores, servidores dos Institutos, vereadores e representantes da sociedade civil que aderiram ao movimento, teve por objetivo discutir sobre a proposta de unificação do IFBA e IFBaiano Campi Valença, imposta pelo MEC, além de organizar manifestos, movimentos e audiências públicas sobre o assunto.

Além do Vereador Adailton, estava presente na Assembleia também a Vereadora Lorena Mercês, ambos componentes da Comissão de Educação da Câmara de Vereadores de Valença. Adailton, que é defensor da educação, se comprometeu em abraçar a causa dos Institutos Federais de Valença.

Fui aluno da EMARC e pude acompanhar todo processo de transição EMARC-IFBAIANO de perto. O que estiver ao meu alcance, eu farei. Não devemos aceitar que um Instituto Federal seja fechado com uma ordem impositiva de um governo ilegítimo como esse que temos no Brasil hoje”, afirmou o Vereador.

Ainda durante a Assembleia, foi colocada em votação a participação dos estudantes e servidores na Audiência Pública proposta pela Comissão de Educação da Câmara, que será realizada dia 27 de junho, às 8h da manhã, no Ginásio de esportes do IFBA.

Na última terça-feira (19) pela manhã, estudantes e servidores dos Institutos Federais de Valença estiveram presentes na Reunião do Núcleo Executivo do Território Baixo Sul, que pautou o assunto. Como encaminhamento, foi sugerida a realização de uma Audiência Pública, através da Câmara de Vereadores de Valença, envolvendo representantes de todo Território.

Pela tarde, a Câmara de Vereadores aprovou por unanimidade uma Moção de Repúdio pela ação impositiva do MEC, propondo a unificação dos Institutos Federais de Valença. Os estudantes e servidores também estiveram presentes, onde realizaram breves falas sobre a importância dos Institutos para o Baixo Sul, bem como a criminalização da restrição de acesso à educação.

IFBaiano

O Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia Baiano Campus Valença, tem curso técnico integrado em Agropecuária e em Agroecologia, curso técnico subsequente em Agropecuária e em Meio Ambiente, além de dois cursos de pós-graduação, um em Português e outro em Matemática. “Temos também um curso de pós-graduação que vai abrir em Agroecologia e Meio Ambiente no segundo semestre”, explicou o professor Eduardo Belmonte, do IF Baiano. O instituto também tem 40 projetos de pesquisa e 15 de extensão com editais. Com 38 anos de existência, a estrutura física do Instituto abrigou de 1980 até 2010 a Escola Média Agropecuária Regional da CEPLAC – EMARC.

IFBA

O Instituto Federal da Bahia Campus Valença abriga o curso integrado (Médio-Técnico) de Aquicultura, de Turismo e de Informática e cursos subsequentes nas mesmas áreas. Além disso, abriga dois cursos de licenciatura: de Matemática e de Computação. De acordo com Erahsto Felício, professor e um dos 130 servidores do IFBA Campus Valença, o Instituto é um lugar de muita resistência e de forte atuação educacional. “Além dos cursos, temos três projetos de especialização encaminhados para o Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão e laboratórios para pesquisa e tecnológico”, explicou. Antes de se tornar Instituto Federal, a Estrutura da escola abrigou a primeira e única Escola de Pesca e Construção Naval do Bairro do Tento, posteriormente o Centro Federal de Formação Tecnológica (CEFET).

Veja imagens da Assembleia a seguir.

(mais…)

Mandato da Gente participa de Seminário sobre Comunicação e Democracia na UFBA


Entre os dias 15 e 18 de maio, aconteceu na Universidade Federal da Bahia (UFBA), o Seminário Comunicação e Democracia, com a realização de palestras e oficinas, abordando temas diversos relacionados à comunicação no Brasil e a influência com o cenário político atual no País.

Pensando nesta linha de defesa e trabalho de sensibilizar a população e a classe trabalhadora, o Seminário ampliou o campo do movimento de comunicação e trouxe para a discussão na abertura do evento, setores importantes a exemplo da EBC e TVE, para debaterem sobe a comunicação pública e a interrupção democrática no Brasil, com a presença da jornalista Juliana Nunes da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) e Flávio Gonçalves, diretor-geral do Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia (Irdeb).

No segundo dia de evento, o Sociólogo Sergio Amadeu, que também é defensor e divulgador do Software Livre e da Inclusão Digital no Brasil e a Socióloga e Mestra em Gestão e Políticas Públicas Fernanda Rosa, explanaram sobre Arquitetura de rede, monitoramento de dados e a governança da internet, trazendo para discussão assuntos técnicos, relacionados a expansão de certos assuntos na internet, além de trazer informações acerca do funcionamento dos algoritmos, sobre as “reformas” que aconteceram no mundo virtual e as limitações que essas mudanças estão proporcionando aos internautas.

Na quinta-feira (17), o Seminário foi marcado pela participação do editor da revista Fórum, Renato Rovai e da editora do jornal Brasil de Fato de Minas Gerais, Joana Tavares, onde foi discutia a sociabilidade digital e as novas possibilidades de disputa hegemônica na comunicação. Ambos os palestrantes partiram da reflexão sobre o surgimento e consolidação do jornalismo como é conhecido hoje, a partir da revolução industrial, para compreender o poder e o papel da notícia na sociedade e os impactos trazidos pela internet e as novas sociabilidades ali desenvolvidas.

Já na sexta feira, o evento foi finalizado em alto padrão, com a mesa composta pelo Jornalista político Flanklin Martins, ex-Ministro Chefe da Secretaria de Comunicação Social, durante o segundo mandato do ex Presidente Lula e pela Presidente da Associação de Profissionais do Audiovisual Negro (APAN) Viviane Ferreira.

O evento foi aberto ao público. Durante todos os dias do seminário foram também realizadas oficinas de aprendizado para os participantes nas áreas de edição de vídeo, edição de áudio, design gráfico, fotografia e monitoramento de redes. Participaram das oficinas estudantes de graduação, membros de assessorias de comunicação e profissionais da área.

O gabinete do Vereador Adailton Francisco esteve presente durante os quatro dias de evento. Segundo Adailton, a organização e a logística do Seminário superou suas expectativas.

Não há felicidade maior do que poder participar de eventos e espaços como este. Um seminário deste nível, com certeza só nos faz crescer politicamente, a nível de informações. Os oficineiros também estão de parabéns! Podemos aprender sobre comunicação e política de uma forma leve. Nosso Gabinete com certeza retorna a Valença com uma visão diferente de comunicação e política”, ressaltou o Vereador, que ainda falou de sua satisfação em representar o legislativo valenciano no evento.

A realização do Seminário Comunicação e Democracia é um marco para os movimentos de classe, sindicatos, ONG´s, federações e sindicatos, além de uma oportunidade ímpar para os estudantes de comunicação, comunicadores e pessoas diretamente envolvidas com política partidária. O evento foi organizado pela CUT Bahia, PT Bahia, Movimento Brasil de Fato, Levante Popular da Juventude e pelo Consulta Popular e teve o apoio da UFBA e da APUB Sindicato.

Veja fotos do evento a seguir.

(mais…)

Vereador Adailton Francisco participa de criação da COOPERSUL


A fim de unir ideias, trabalho e forças para o bem comum dos Agricultores Familiares do Território, o Vereador Adailton Francisco participou no último sábado (07), da fundação da Cooperativa da Agricultura Familiar do Baixo Sul (COOPERSUL).

O evento aconteceu no auditório da CDL em Valença, e reuniu agricultores familiares de diversos municípios da região, além de autoridades locais e lideranças comunitárias.

A COOPERSUL é resultado de uma parceria que envolve a Central das Associações da Agricultura Familiar (CAAF), a Federação das Associações do Jequiriçá, o Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Valença (STTR), a Unisol Brasil e o Mandato da Gente.

Segundo o Vereador Adailton, é de extrema importância a sua participação nesses momentos que são enriquecedores para o homem e a mulher do campo.

Pra mim é uma satisfação enorme participar de um momento histórico como esse, que é a criação de instrumento que visa auxiliar os agricultores na comercialização dos seus produtos, agregando valor à sua produção e tendo um preço justo pelo esforço do seu trabalho”, afirmou o Vereador.

Adailton ainda destacou a eleição da Presidente Jaíres Santana como uma “quebra de tabu”, por ser mulher, jovem e filha de agricultor de comunidade quilombola e reafirmou acreditar nas organizações populares, como ferramenta na garantia dos direitos e acesso às políticas públicas.

Vereador Adailton Francisco participa da Conferência Municipal de Educação


A fim de contribuir com as atividades socioeducativas do município, no papel de representante do Legislativo, componente da Comissão de Educação da Câmara de Vereadores de Valença e acima de tudo, amigo da Educação, o Vereador Adailton Francisco participou ontem (21), da Conferência Municipal de Educação, que aconteceu na Factiva.

Com o tema “Educação e participação: o caminho para a cidadania”, a Conferência teve por objetivo principal, participar da consolidação do sistema nacional de educação, promovendo a interação dos diversos atores do município, no monitoramento, avaliação e proposição de políticas que garantam uma educação pública de qualidade.

No primeiro momento, aconteceu uma palestra sobre o tema proposto para a Conferência. Em seguida, foi realizada a leitura e aprovação do Regimento Interno da Conferência Municipal de Educação, comandada pelo Professor Patrick Francis. Já no período da tarde, aconteceu a discussão dos Eixos Temáticos, compostos por grupos de educadores e representantes da sociedade civil, com o objetivo de debater cada tema separadamente, tendo seus encaminhamentos aprovados em plenária final.

Um dos encaminhamentos apontados no Eixo VI, o qual o Vereador Adailton faz parte, foi a necessidade de incluir professores nas escolas quilombolas, com formação e identidade quilombola, que consiga se identificar com a realidade educacional nas 12 escolas existentes em Valença, além de sugerir um cardápio diferenciado das demais escolas, conforme a legislação.

Após as discussões dos Eixos Temáticos, os conferencistas se reuniram na Plenária final, para aprovação dos encaminhamentos das discussões nos Eixos e eleição dos delegados titulares e suplentes, que representarão o município na Conferência Estadual de Educação.

Como legislador, eu preciso participar ativamente desses eventos e quando possível, ocupar espaço nesses locais que são estratégicos, para o envolvimento do poder legislativo com a educação municipal. Nós vereadores, temos a obrigação de acompanhar de perto esse tipo de atividade, principalmente quando nos comprometemos a fazer parte de uma comissão tão importante como a da Educação”, afirmou Adailton, que ao mesmo tempo externou sua satisfação em participar de mais uma atividade junto aos educadores do município.

Espero que tudo o que foi posto nos Eixos Temáticos, seja mais aprofundado nas discussões do Fórum Municipal de Educação e que possamos colher frutos desse evento o quanto antes”, concluiu o Vereador.

Conheça os oito Eixos Temáticos da Conferência Municipal de Educação de Valença.

  1. O PNE na articulação do SNE: instituição, democratização, cooperação federativa, regime de colaboração, avaliação e regulação da educação;
  2. Planos decenais e SNE: qualidade, avaliação e regulação das políticas educacionais;
  3. Planos decenais, SNE e gestão democrática: participação popular e controle social;
  4. Planos decenais, SNE e democratização da educação: acesso, permanência e gestão;
  5. Planos decenais, SNE, educação e diversidade: democratização, direitos humanos, justiça social e inclusão;
  6. Planos decenais, SNE e políticas intersetoriais de desenvolvimento e educação: cultura, ciência, trabalho, meio ambiente, saúde, tecnologia e inovação;
  7. Planos decenais, SNE e valorização dos profissionais da educação: formação, carreira, remuneração e condições de trabalho e saúde;
  8. Planos decenais, SNE e financiamento da educação: gestão, transparência e controle social.

 

Veja fotos do evento a seguir.
(mais…)

Vereador Adailton Francisco participa de pré Assembleia da Ascoob


O Vereador Adailton Francisco participou na manhã de ontem (21), no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), da Pré Assembleia da ASCOOB. O evento foi realizado com o intuito de apresentar aos cooperados o que será discutido na Assembleia Geral que estará acontecendo no dia 21 de Abril deste ano, na cidade de Serrinha.

Durante o evento, foi apresentado a prestação de contas das Cooperativas do ano de 2017, além do alinhamento das ações e serviços disponíveis no sistema para atender seus cooperados e a apresentação do parecer Fiscal da Cooperativa e do planejamento estratégico para o ano de 2018, pontos que serão discutidos e votados na Assembleia Geral.

A Pré Assembleia contou com a participação de cooperados, agricultores familiares, empresários, micro e pequenos empreendedores, além de lideranças dos Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Valença e Ituberá (STTR), de entidades de ATER, Cooperativa de mulheres, Associações Comunitárias, funcionários, diretores e membros da comissão de acompanhamento da incorporação das cooperativas ASCOOB Sisal e ASCOOB Costa do Dendê, representada por Adailton Francisco, Adalício de Jesus, Antônia Germana e Gerval Teófilo.

Durante as apresentações, foi possível a intervenção dos participantes de forma clara e transparente. Adailton, que também é Cooperado da ASCOOB, aproveitou para fazer questionamentos e destacar a importância da expansão da Instituição no Território, tendo em vista o maior alcance do público-alvo da Cooperativa, que são os agricultores familiar, pescadores e pequenos comerciantes. Entre os questionamentos dos cooperados, foi destacada também a possibilidade em se abrir novas linhas de financiamento, levando em consideração o potencial nas áreas produtivas que o Baixo Sul possui.

As Pré Assembleias foram agendadas para acontecer nos municípios que possuem Agência da ASCOOB. Ontem, o evento aconteceu na cidade de Ituberá, hoje (21) em Valença, amanhã (22) o evento estará acontecendo em Igrapiúna e sexta feira (23), em Taperoá.

A Associação das Cooperativas de Apoio a Economia Familiar (ASCOOB), foi criada em 1999 com o apoio das entidades ligadas aos movimentos sociais do estado da Bahia, com o objetivo de unir forças para o cumprimento dos princípios do cooperativismo de crédito, tendo por base o fortalecimento da economia familiar rural.

Veja fotos do evento a seguir.

(mais…)

É trabalho que não para mais: Vereador Adailton cumpre agenda na Capital do Estado


 

A fim de cumprir agendas junto a Secretarias do Governo do Estado, o Vereador Adailton Francisco esteve nos dias 29 e 30 de Janeiro na cidade de Salvador, capital baiana.

Na segunda-feira, Adailton participou de atividades de planejamento no Gabinete da Deputada Maria del Carmen e na oportunidade, discutiu a liberação de emendas parlamentares e alinhou alguns assuntos de interesse para o Território do Baixo Sul.

Na terça-feira, acompanhado da Deputada, o Vereador participou de reuniões na Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), com o Diretor-Presidente Wilson Dias, onde foram discutidos projetos de agroindústrias e comercialização de produtos da Agricultura Familiar.

Na sequência, os Parlamentares estiveram na Secretaria de Infraestrutura do Estado da Bahia (SEINFRA), no setor do Programa Luz para Todos, em reunião com o diretor de Energia, Gilson Amado Moraes, para verificar a situação dos projetos para os municípios de Valença e Taperoá e cobrar celeridade na execução das obras previstas para o ano de 2018.

Entre os investimentos aprovados para iniciar ainda este ano, estão os projetos das Comunidades da Porca Magra, no entroncamento de Valença, Tarimba do Orobó e Riacho do Engenho, onde R$2.313.099,61 estão sendo investidos e 128 famílias serão beneficiadas. Estiveram presentes na reunião Dilson Neves, Presidente da Federação das Associações do Jequiriçá, e Jairo Conceição, Presidente da Associação da Cascalheira, ambos lideranças em Valença.

(mais…)

Vereador Adailton acompanha eleições da Colônia de Pescadores Z-15


O Vereador Adailton Francisco participou na manhã de hoje (21), das eleições do Conselho Fiscal e do Conselho Administrativo da Colônia de Pescadores Z-15, referente ao triênio 2018-2021.

Segundo o Vereador, é de extrema importância a participação popular em um processo eleitoral que envolve uma área tão importante como a pesca, para a economia do município de Valença.

“Fico muito feliz em poder estar aqui acompanhando esse processo eleitoral que está sendo realizado de forma completamente democrática e fico mais feliz ainda em ver o meu amigo Raimundo Costa ser eleito por aclamação. Desejo a ele saúde e disposição para continuar lutando pela população pesqueira e marisqueira, mesmo depois do grande susto que tivemos”, destacou Adailton.

O processo eleitoral foi realizado na sede da Colônia de pescadores, localizada no bairro do Tento, em Valença. A posse da nova diretoria acontecerá no dia 19 de Fevereiro de 2018.

Veja fotos das eleições a seguir.

(mais…)

Vereador Adailton Francisco participa de Seminário sobre o MROSC


O Vereador Adailton Francisco participou na manhã desta sexta-feira (18), na Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL de Valença, do Seminário sobre o novo Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil (MROSC) com presidentes e representantes das associações.

O evento foi realizado pela Central das Associações da Agricultura Familiar de Valença e Baixo Sul (CAAF), teve o apoio da UNISOL, COOMAFES, CAAFS, FASE Bahia e Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Valença e contou com a presença de representantes da CAR, SASOP, UFRB, Secretarias de Agricultura de Jaguaripe e Valença, CEPLAC, Ascoob Sisal, Federação das Associações do Jequiriçá, FACEVA e ACECAF, além de representantes de associações rurais dos município de Taperoá, Jaguaripe e Valença.

O Seminário, apresentado por Joelma Cunha tecnica da FASE Bahia, teve o objetivo de discutir as principais dúvidas sobre a Lei 13.019/2014 e o Decreto 8.726/2016 que propõem mudanças nos estatutos das Organizações Sociais. O evento contou com a presença de aproximadamente 200 pessoas, representando mais de 60 Associações e entidades interessadas em conhecer as novas regras do Marco Regulatório.

Aprovado em 2014, o novo Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil é fruto de um esforço conjunto do governo federal (por meio da Secretaria de Governo e da extinta Secretaria-Geral) e da sociedade civil para modernizar as relações do poder público com as Organizações da Sociedade Civil (OSCs), agentes fundamentais para a execução de iniciativas de interesse público e para o aprofundamento da democracia. A Secretaria de Governo vem dialogando com a sociedade civil, órgãos da administração pública e especialistas para conscientizar os diversos atores envolvidos sobre as mudanças trazidas pela nova lei, que entrou em vigor no dia 23 de janeiro de 2016.

O Mandato da Gente apoia e acredita na organização popular como instrumento de acesso às políticas públicas, visando o empoderamento das comunidades e o exercício da cidadania, através da participação popular na construção de estratégias que visem a melhoria na qualidade de vida, principalmente das pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade social.

Veja fotos do evento a seguir

(mais…)

UESC apresenta resultados de pesquisas sobre a cultura do guaraná no Baixo Sul


 

O Vereador Adailton Francisco participou ontem (11), na Câmara de Vereadores de Nilo Peçanha, do Seminário de Pesquisa sobre o guaraná, realizado pela Câmara Setorial do Guaraná da Bahia e pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) e articulado pelo Colegiado de Desenvolvimento Territorial do Baixo Sul (CODETER).

A Universidade realizou o evento com o objetivo de apresentar resultados de pesquisas intituladas “Composição do guaraná – Compostos orgânicos majoritários”, “Composição mineral do guaraná do Sul da Bahia”, “Variação da composição Cafeína, Teobromina, Catequina e Epicatequina em função do processamento pós-colheita”, “Variação do teor de Carotenoides do guaraná em função do processamento pós-colheita” e “Identificação da origem do guaraná do Sul da Bahia – Existem diferenças por município?” todas realizadas no Território do Baixo Sul.

Segundo Adailton, essas pesquisas foram definidas no planejamento estratégico da cultura em 2010, nas discussões do Colegiado Territorial.

Fico feliz com os resultados apresentados, que demonstram uma nova perspectiva da cultura em nosso Território. A partir dessas pesquisas, teremos informações técnicas de como deve ser o processamento ideal pós-colheita, garantindo um produto alimentício de qualidade eagregando valor a cultura tão importante para a Agricultura Familiar. Além disso, não podemos deixar o titulo de maiores produtores de guaraná do mundo passar desapercebido, não é mesmo? Precisamos fortalecer a marca do guaraná da Bahia, produzindo com qualidade, realizando pesquisas e divulgando esses dados para que o mundo conheça nossos produtos agrícolas. É um novo momento, um verdadeiro divisor de água para a cultura do guaraná na Bahia”, completou Adailton.

O evento contou com a participação de representantes da BAHIATER, CODETER, SEPLAN, ASCOOB, CEPLAC, UNISOL, SETAF, ACAAF, CAAF, SDR, SEAGRI, SETRE, Assessoria da Dep. Estadual Maria del Carmen, Central Mata Atlântica, além da Sociedade Civil, produtores de guaraná e representantes de Prefeituras, Poder Legislativo e Sindicatos Rurais da Região.

Segundo levantamento do IBGE, a Bahia é o maior produtor de guaraná do Brasil, com 72,3% da produção nacional – seguido por Amazonas, Mato Grosso, Acre, Rondônia e Pará respectivamente. O Território do Baixo Sul da Bahia é o maior produtor de guaraná do mundo, com uma área plantada de 7.600 hectares. A safra 2015/2016 produziu 2.600 toneladas, distribuídas em aproximadamente 11 mil propriedades da agricultura familiar, superando a Amazônia, região originária da cultura.

O município de Taperoá tem uma área plantada de 1.700 hectares, destacando-se como o município de maior produção do planeta. O guaraná é exportado em pó e em grãos para alguns países, a exemplo da França, Itália, Alemanha e Estados Unidos.

Veja fotos do evento a seguir

(mais…)

Vereador Adailton cobra elaboração do Plano de Resíduos Sólidos e extinção do lixão de Valença


 O Vereador Adailton Francisco esteve na última terça-feira (05) na região do Orobó, onde atualmente é despejado todo lixo produzido no município de Valença. O tão conhecido lixão, que já foi remanejado de lugar devido a grande quantidade de dejetos produzida diariamente, preocupa a população da zona rural por estar causando problemas ambientais e poluição visual.

A população local reclama constantemente dos prejuízos causados pelo acumulo de lixo na Comunidade. As maiores queixas são acerca das combustões e das queimadas que alguns catadores fazem e que acaba causando prejuízos à saúde dos morados das comunidades vizinhas. Um outro problema é a questão do mal cheiro, que incomoda a população.

Segundo o Vereador Adailton, desde quando a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) foi criada, nenhuma das Gestões cumpriram o que é previsto em Lei.

Há sete anos o PNRS foi criado e a nível de Valença, nada aconteceu. De 2010 pra cá, já se passaram duas gestões e agora estamos há um ano da terceira gestão e o Plano de Resíduos Sólidos não foi elaborado. A necessidade de Valença colocar em prática esse planejamento é algo gritante”, afirmou Adailton.

Em outra oportunidade, Adailton lembrou que, com a existência do Plano, automaticamente estaria acontecendo a coleta seletiva e o tratamento adequado desses resíduos, gerando emprego e renda na cidade, através das Associações e Cooperativas de catadores, além da implantação do aterro sanitário para descarte dos rejeitos.

Vale ressaltar que o lixo hospitalar da cidade também não tem um tratamento adequado, sendo despejados todos os dejetos coletados no município no lixão, colocando em risco a vida dos catadores que atuam no lixão e da população de um modo geral, pela contaminação do Rio Pitanguinha que deságua no Rio Una. Isso é inadmissível! Temos uma lei a nível federal que não está sendo colocada em prática no município de Valença”, finalizou o Vereador.

A Lei nº 12.305/10, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) é bastante atual e contém instrumentos importantes para permitir o avanço necessário ao município no enfrentamento dos principais problemas ambientais, sociais e econômicos decorrentes do manejo inadequado dos resíduos sólidos.

Prevê a prevenção e a redução na geração de resíduos, tendo como proposta a prática de hábitos de consumo sustentável e um conjunto de instrumentos para propiciar o aumento da reciclagem e da reutilização dos resíduos sólidos (aquilo que tem valor econômico e pode ser reciclado ou reaproveitado) e a destinação ambientalmente adequada dos rejeitos (aquilo que não pode ser reciclado ou reutilizado).

A PNRS Institui também a responsabilidade compartilhada dos geradores de resíduos: dos fabricantes, importadores, distribuidores, comerciantes, o cidadão e titulares de serviços de manejo dos resíduos sólidos urbanos na Logística Reversa dos resíduos e embalagens pós-consumo, além de criar metas importantes que irão contribuir para a eliminação dos lixões e instituir  instrumentos de planejamento nos níveis nacional, estadual, microrregional, intermunicipal e metropolitano e municipal e de impor que os particulares elaborem seus Planos de Gerenciamento de Resíduos Sólidos.

O Vereador Adailton tem realizado constantemente, indicações ao Poder Executivo, cobrando a elaboração do Plano de Resíduos Sólidos, fazendo se cumprir a Lei 12.305/10. Confira na íntegra, a fala do Vereador Adailton Francisco no Pequeno Expediente, na Sessão da Câmara de Vereadores do dia 05 de dezembro, onde ele cobra mais uma vez a elaboração do Plano de Resíduos Sólidos.

(mais…)